Edit this page

A capoeira e assim

Autor : Gordinho.

A Capoeira é assim
É malícia é manha
O mandingueiro vadeia
Cheio de artimanha

Coro

Se cai levanta sorrindo
Ele não fica nervoso
Ele põe um tempero na ginga
E te pega daqui a pouco

Coro

Ele se finge de morto
Até faz você acreditar
Vai jogando em cima embaixo
Daqui a pouco “cê ” pode esperar

Coro

O fraco e o forte na roda
Esses não ficam pra trás
Quando se é mandingueiro
Na Capoeira isso tanto faz

Coro

É tudo que os olhos vêem
Que a boca come
Mandinga ,malícia e dendê
Na capoeira é o que o corpo consome

Coro