Edit this page

Negro no cativeiro

Autor : Professor Gordinho

Negro no cativeiro êê
Fez a corrente arrebentar
Negro no cativeiro êê
No cativeiro êê, no cativeiro eaa
(lá vai o negro)

Negro no cativeiro êê
Fez a corrente arrebentar
Negro no cativeiro êê
No cativeiro êê, no cativeiro eaa

Bota o negro lá no tronco
Que a cultura vem na dor
O negro é muito mais valente
Que a chibata do feitor
(lá vai o negro)

Coro

Prende o negro na senzala
Que ele planta sua semente
Fez nascer a capoeira
Orgulho de nossa gente
(lá vai o negro)

Coro

Negro escravo se rebela
Ooo queria novos ares
Escapando com Zumbi
Pro Quilombo dos Palmares
(lá vai o negro)

Coro

Negro ainda sofria
Mesmo com sua libertação
Besouro Cordão Ouro
Deu sua contribuição