Edit this page

Toque de guerra

Autor : Feijão

Me chama, me leva
Berimbau no toque de guerra

Era dia comum
O feitor me chamou
Para defender
As terras do senhor
Oi me chama, me leva...

Coro

Lutou, defendeu
Com fé e coragem
As terras de quem
Lhe tratou com maldade
Oi me chama, me leva...

Coro

Negro quis entender
O que estava acontecendo
Era guerra de branco
E tinha negro morrendo
Oi me chama, me leva...

Coro

Negro no tronco
Foi libertado
Pra guerra de branco
Negro virou soldado
Oi me chama, me leva...

Coro

As lágrimas
Que molham as medalhas
No peito do negro
Que venceu a batalha
Oi me chama, me leva...

Coro

Nunca aconteceu
Na história de escravo
Aonde o feitor
Ao negro ficou bem grato
Oi me chama, me leva...

Coro